Do Império ao Reino – Publicação em destaque da semana

Do Império ao Reino. Viseu e o território entre os séculos IV a XII, editado pela Professora Catarina Tente, é um livro resultante do Congresso do mesmo nome, realizado em Viseu em 2016, e publicado em 2018. É a publicação em destaque desta semana na Arqueozine.

Esta semana destacamos para leitura o livro Do Império ao Reino. Viseu e o território entre os séculos IV a XII, editado pela Professora Catarina Tente.

Durante os anos de 2013 a 2016, decorreu em Viseu um projecto de investigação com o objectivo de estudar “as comunidades urbanas e rurais alto medievais para conhecer as relações de poder, a organização do território e os quotidianos ao longo do período em estudo numa perspetiva comparada à escala da Europa ocidental.” Constituído por uma equipa multidisciplinar, e coordenado pela Professora Catarina Tente, neste período os investigadores realizaram intervenções arqueológicas e análises de materiais, de espólios, de natureza arqueobotânica e arqueozoológica.

Em resultado deste projecto, em 2016 é realizado o Congresso Do Império ao Reino. Viseu e o território entre os séculos IV a XII. As comunicações ali apresentadas foram reunidas em livro e publicadas em 2018.

 

Imagem proveniente do livro Do Império ao Reino. Viseu e o território entre os séculos IV a XII, editado pela Professora Catarina Tente

 

O livro reúne 20 trabalhos divididos em 3 partes, Conferências, A Cidade e O Território, com os títulos seguintes:

CONFERÊNCIAS

Ser y parecer. Arqueología del poder en el noroeste peninsular – Juan Antonio Quirós Castillo

Integración política y geografías del poder en el Noroeste de la península ibérica (siglos IX-X) -Iñaki Martín Viso


A CIDADE
Comunicações

Testemunhos de uma Identidade. Intervenções Arqueológicas em Viseu (1997-2016) – Carla Santos, Nádia Figueira e Sónia Cravo

A igreja de S. Miguel de Fetal. Resultados das escavações e a sua interpretação — Catarina Tente, Oscar Jímenez, Francisca Alves-Cardoso, Sílvia Casimiro e Carlos Alves

A Cava de Viriato – novos dados e interpretações — Manuel Luís Real e Catarina Tente

Evolução da Catedral de Viseu – da época medieval à época moderna — Carlos Alves

Pósteres

Vasos com estampilhas da Sé, Viseu — Catarina Meira

O Couto da Regueira, Viseu — Carlos Alves e Pedro Sobral de Carvalho


O TERRITÓRIO
Comunicações

A Configuração Territorial da Diocese de Viseu no período Suevo-Visigodo — Catarina Tente, Tomás Cordero Ruiz e Rita Castro

Povoamento e modos de vida no limite oriental do território viseense durante o século X. O Povoado de São Gens — Catarina Tente, Sara Prata, Fabián Cuesta-Gómez, Stuart Brookes, Marta Moreno-García, Gabriel Souza, João Pedro Tereso, Cláudia Oliveira e Ana Jesus

Povoamento e organização defensiva do território da área setentrional de Viseu (Séculos VI a XI) — António Lima e Marina Vieira

O sítio da Senhora do Barrocal (Sátão) na viragem do milénio — Catarina Tente, Hugo Baptista, João Pedro Tereso, Margarida Cércio, João Luís Veloso, Cláudia Oliveira, Luís Seabra, Catarina Meira, Gabriel de Souza, Tomás Cordero Ruiz e Manuel Luís Real

O papel das elites na definição do território. A sua presença no processo de senhorialização da “fronteira beirã” — Manuel Luís Real

Pósteres

A Estalagem Romana da Raposeira (Mangualde) — Carla Santos, Nádia Figueira e Sónia Cravo

Inventariação das sepulturas escavadas na rocha da região de Viseu — Sofia Pereira

O povoado do Penedo dos Mouros (Arcozelo, Gouveia) no contexto do século X no sector noroeste da Serra da Estrela — Catarina Tente, António Faustino Carvalho e Vera Pereira

O complexo arqueológico de São Pedro de Matos (Forninhos, Aguiar da Beira): primeiros dados para o seu conhecimento em época medieval — António Faustino Carvalho, Catarina Tente e Fátima Beja e Costa

Torre de Vilharigues (Paço de Vilharigues, Vouzela) — Carla Santos, Nádia Figueira e Sónia Cravo


A publicação pode ser descarregada através desta ligação.

Convidamos à leitura!