Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, Exposição Itinerante «Arqueologia em Portugal – Recuperar o Passado em 2017»

Fotografia do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas


Inaugura no dia 7 de Março, às 16h00, no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, em Sintra, a exposição itinerante «Arqueologia em Portugal: recuperar o passado em 2017», promovida pela Direcção-Geral do Património Cultural em conjunto com as Direcções Regionais de Cultura.

Esta exposição visa a sensibilização para a arqueologia e para o património arqueológico, através da divulgação de alguns dos principais trabalhos e descobertas arqueológicas realizadas em 2017, em todo o território nacional. Anualmente, são realizadas mais de 1500 intervenções e identificados importantes sítios arqueológicos, trabalho que, frequentemente, passa despercebido à comunidade.

O Sítio Arqueológico do Alto da Vigia, localizado junto à foz do Rio de Colares, em Sintra, e objecto de trabalhos arqueológicos sob a responsabilidade da equipa de arqueologia do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, integra esta exposição.

A inauguração da mostra “Arqueologia em Portugal: Recuperar o Passado em 2017” obedecerá à seguinte programação:

16h00 – Abertura da Exposição

16h30 – Conferências

Apresentação do projecto por Maria Catarina Coelho, Directora do Departamento dos Bens Culturais da Direcção-Geral do Património Cultural

A primeira década de trabalhos arqueológicos no sítio do Alto da Vigia, Praia das Maçãs, por Alexandre Gonçalves, arqueólogo responsável pelos trabalhos no Alto da Vigia

Escrever sobre as margens do Oceano. Epigrafia e religião no santuário do sol poente, por José Cardim Ribeiro, coordenador científico do projecto

Esta exposição estará patente no espaço exterior do Museu até dia 4 de Abril. A entrada é gratuita.

*Texto da autoria do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas