O governo grego paralisa a construção de dois hotéis junto da Acrópole de Atenas

Na passada segunda-feira o ministro do ambiente e energias, Yorgos Stathakis, paralizou a construção dos dois edifícios que iriam interferir nas vistas do momumento.

A intervenção do ministro teve lugar após vários protestos dos cidadãos da capital grega e uma petição pública que recolheu mais de 24000 assinaturas de apoio. Os dois hotéis previstos de 9 e 10 plantas, e já licenciados pela câmara de Atenas, previam superar os 30 metros de altura.

A nova medida temporária do governo suspende todas as licenças de prédios junto da Acrópole que excedam os 17,5 metros. Os projetos contavam com a aprovação da autarquia e do Conselho Arqueológico Central da Grécia (KAS), este último manifestou que irá investigar o caso.

A Acrópole é um dos monumentos mais visitados da Grécia e foi declarado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Reconstrução 3D do recinto da Acrópole