Massada: mito e realidade na queda dos zelotas

No primeiro século da nossa era, esmagada pelos romanos a revolta judaica e arrasado o templo de Jerusalém, os últimos resistentes zelotas encontraram refúgio em Massada, palácio-fortaleza erguido por Herodes, o Grande, junto ao Mar Morto. Cercados e prestes a serem derrotados, preferiram o suicídio coletivo à escravidão. Pelo menos, assim se conta.

Fonte: Massada: mito e realidade na queda dos zelotas