The Archaeology of Death in Post-medieval Europe – Publicação em destaque

The Archaeology of Death in Post-medieval Europe

“Os enterramentos históricos são um enorme recurso arqueológico e têm o potencial de dar informações sobre a demografia, doenças e mortalidade, sobre a história do corpo, das crenças religiosas e morte, mudanças nas relações sociais, valores e aspirações. “

The Archaeology of Death in Post-medieval Europe -  "Os enterramentos históricos são um enorme recurso arqueológico e têm o potencial de dar informações sobre a demografia, doenças e mortalidade, sobre a história do corpo, das crenças religiosas e morte, mudanças nas relações sociais, valores e aspirações. "

Ano: 2015

Editado por: Sarah Tarlow

Publicado por: De Gruyter Open Ltd, Warsaw/Berlin

Sobre o livro:

“Os enterramentos históricos são um enorme recurso arqueológico e têm o potencial de dar informações sobre a demografia, doenças e mortalidade, sobre a história do corpo, das crenças religiosas e morte, mudanças nas relações sociais, valores e aspirações.

Nas últimas décadas, o desenvolvimento urbano intensivo e a exigência legal generalizada de realizar escavações arqueológicas levaram a um aumento maciço do número de cemitérios e locais de enterro pós-medievais que foram submetidos a investigações arqueológicas. A arqueologia dos períodos mais recentes, que são comparativamente bem documentados, não é menos interessante e importante como área de estudo do que os períodos pré-históricos.

Este volume oferece uma série de casos de estudo e reflexões sobre aspectos da morte e de enterramentos na Europa pós-medieval. Olhando para os bens funerários, os aspectos espaciais da organização do cemitério e o modo como os vivos interagem com os mortos, os investigadores que trabalharam em locais da Europa Central, do Norte e do Oeste apresentam algumas das suas evidências e ideias. O volume é organizado pela professora Sarah Tarlow. “

Conteúdo:

Introduction: Death and Burial in Post-medieval Europe
Sarah Tarlow
The Human Body as Material Culture ‒ Linköping Cathedral Churchyard in the Early Modern Period
Göran Tagesson
Approaches to Post-medieval Burial in England: Past and Present
Angela Boyle
The Impact of Epidemics on Funerary Practices in Modern France (16th – 18th Centuries)
Isabelle Souquet-Leroy, Hélène Réveillas, Dominique Castex
The Co-Existence of Two Traditions in the Territory of Present-Day Latvia in the 13th–18th Centuries: Burial in Dress and in a Shroud
Vitolds Muižnieks
Fashioning Death: Clothing, Memory and Identity in 16th Century Swedish Funerary Practice
Joseph M. Gonzalez
Tradition-based Concepts of Death, Burial and Afterlife: A Case from Orthodox Setomaa, South-Eastern Estonia
Heiki Valk
Religion, Status and Taboo. Changing Funeral Rites in Catholic and Protestant Germany
Hauke Kenzler
Hiding the Body: Ordering Space and Allowing Manipulation of Body Parts within Modern Cemeteries
Sian Anthony
Burial Customs in the Northern Ostrobothnian Region (Finland) from the Late Medieval Period to the 20th Century. Plant Remains in Graves
Annemari Tranberg
Death and Burial in Post-medieval Prague
Gabriela Blažková, Martin Omelka, Otakara Řebounová

O livro The Archaeology of Death in Post-medieval Europe pode ser descarregado gratuitamente através deste link.


Consulte mais publicações da Arqueozine.