Sarcófago romano de chumbo descoberto em Granada

Sarcófago de chumbo descoberto em Granada. GESPAD AL-ANDALUS ARQUEOLOGÍA (FACEBOOK)

Em inícios do mês de Junho foi descoberto um sarcófago romano de chumbo no centro histórico da cidade de Granada em Espanha.

A descoberta no centro histórico de Granada aconteceu no decurso de uma prospeção arqueológica na sede de um antigo banco pela empresa GESPAD AL-ANDALUS ARQUEOLOGÍA. Antes de serem atingidos os níveis romanos também foram identificados os vestígios da antiga sede dos comerciantes genoveses na cidade e um edifício do período muçulmano do séc. XI.

Segundo Ángel Rodríguez, o arqueólogo responsável pelos trabalhos, este tipo de achados são raros na Andaluzia. O caixão de chumbo deverá pesar uns 350 quilos e mede quase dois metros de cumprimento, 40 centímetros de altura e é mais largo na cabeceira (0,56cm) do que na parte inferior (0,36cm). Os responsáveis apontam para uma cronologia do séc. III ou IV d.c..

Estabilização do sarcófago romano antes do seu levantamento.
GESPAD AL-ANDALUS ARQUEOLOGÍA (FACEBOOK)

Este tipo de sarcófago romano é interessante porque muito provavelmente o chumbo terá permitido preservar os restos ósseos e eventualmente tecidos e materiais que desaparecem mais rapidamente nos enterramentos convencionais.

O sarcófago romano foi levantado do local e transportado ao Museu Arqueológico de Granada onde se espera que num futuro próximo seja aberto por uma equipa multidisciplinar de antropólogos físicos, restauradores e arqueólogos.


Consulte mas publicações de Arqueozine relacionadas com esta temática