Inauguração da Exposição “Arqueologia em Sabrosa: entre o Corgo e o Pinhão” | sábado, 13 de julho de 2019, pelas 18h, no Espaço Miguel Torga

Será inaugurada no dia 13 de Julho, pelas 18 horas, no Espaço Miguel Torga, em S. Martinho de Anta, Sabrosa, a Exposição “Arqueologia em Sabrosa: entre o Corgo e o Pinhão”.

Trata-se de uma exposição que ilustra os resultados preliminares dos trabalhos de prospeção arqueológica, estudo documental e arquivístico e análise histórica no âmbito do Projeto da Carta Arqueológica de Sabrosa, promovido pelo Município de Sabrosa nos finais de 2017. O projeto tem a duração de três anos, findando em 2020. No entanto, a vasta informação recolhida, tanto documental e arquivística como nos contextos da cultura material e arqueologia e, sobretudo, na avaliação da componente ambiental e orográfica da região, permitiu, já em 2019, analisar e documentar uma série de informações relevantes que merecem destaque.

O concelho de Sabrosa, um dos concelhos mais relevantes e importantes nos demónios da área classificada pela UNESCO (Alto Douro Vinhateiro), inscrita em 2001, mostra-se também como um dos concelhos mais importantes no âmbito do património histórico e arqueológico.

A exposição contará, no dia da abertura (sábado, 13 de julho de 2019, pelas 18h, no Espaço Miguel Torga), com uma conferência na qual serão abordados os elementos mais significativos dos trabalho realizado e serão também abordados diversos temas relevantes no que toca à atividade arqueológica, a importância da história e da divulgação e preservação do património histórico e cultural.

As entidades envolvidas são as seguintes:

  1. Câmara Municipal de Sabrosa
  2. Espaço Miguel Torga
  3. EROS Environment Research on Science Consulting
  4. CIDEHUS Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora
  5. AHAS Associação de História e Arqueologia de Sabrosa

Gerardo Vidal Gonçalves, arqueólogo na EROS Environment Research on Science Consulting.


Leia mais notícias de atualidade na Arqueozine