Artefactos Intrigantes Encontrados no Campo de Batalha Mais Antigo da Europa

Os arqueólogos passaram várias décadas a tentar descobrir os intervenientes da batalha que ocorreu perto do rio Tollense, na Alemanha, há cerca de 3300 anos. Agora, um achado invulgar aprofunda o mistério sobre este confronto brutal.

Desde 1997 que os arqueólogos escavam quilómetros de terra ao longo do rio Tollense, no norte da Alemanha, onde recuperam armas e os restos mortais de centenas de homens que lutaram nas suas margens, por volta do ano 1200 a.C. A enorme escala e a violência encontradas em Tollense – considerado o campo de batalha mais antigo da Europa – refutam a ideia de que a Europa da Idade do Bronze era um lugar relativamente pacífico.

Mas qual foi o motivo para a batalha de Tollense? Foi uma batalha entre grupos diferentes de pessoas de toda a Europa, ou uma enorme disputa familiar e localizada? Os investigadores continuam a examinar as pistas deixadas pelos ossos e armas presentes no local, e um artigo publicado na Antiquity analisa um conjunto invulgar de artefactos que vem complicar ainda mais as décadas de investigação que tentam descobrir quem lutou em Tollense – e porquê.

Objetos da antiguidade
De acordo com o artigo, foram encontrados 31 objetos de bronze em sedimentos do rio, a cerca de 300 metros de distância de um antigo passadiço, onde se acredita que a batalha pode ter começado. Os investigadores acreditam que a batalha teve lugar em ambas as margens do rio Tollense, e que os guerreiros morreram enquanto se moviam rio abaixo, deixando os seus ossos e pertences para trás.

Os objetos de bronze foram encontrados próximos uns dos outros e os investigadores acreditam que eram mantidos, todos juntos, dentro de um recipiente orgânico – talvez numa bolsa de couro, ou numa caixa de ferramentas de madeira – que entretanto se desintegrou. Os objetos incluem um furador de bronze, um cinzel, uma faca, fragmentos de bronze e uma pequena caixa cilíndrica de bronze projetada para ser usada num cinto. Também foram encontrados restos humanos no depósito de sedimentos, suportando a ideia de que a área fazia parte do campo de batalha da Idade do Bronze.

Entre os objetos estão 3 cilindros de bronze que podem ter sido acessórios para bolsas, ou caixas projetadas para guardar objetos pessoais – objetos incomuns que até agora só foram descobertos a centenas de quilómetros de distância, no sul da Alemanha e no leste de França.

“Para nós, isto é muito intrigante”, diz Thomas Terberger, arqueólogo na Universidade de Göttingen, na Alemanha, que ajudou a iniciar a escavação em Tollense e é um dos coautores do artigo. Para Terberger e para a sua equipa, isto credibiliza a teoria de que a batalha não foi apenas um caso localizado. “Cada vez é mais provável que não estamos a lidar com um conflito local.”

Fonte: Artefactos Intrigantes Encontrados no Campo de Batalha Mais Antigo da Europa | National Geographic