Carlos Neto de Carvalho, um geólogo na pista dos neandertais

Em meados de Dezembro, o jornal El Pais escrevia que, há 30 mil anos, quando a Europa era assolada por vagas de frio e a neve cobria o rio Ebro, os hominídeos procuraram um refúgio que lhes garantisse abrigo e possibilidades de sobrevivência. Os neandertais encontraram-no no que é hoje o sul de Espanha e de Portugal. O jornal espanhol escreve em título que os últimos neandertais ″veranearam no sul da Península Ibérica″. A expressão é usada com humor por Joaquin Rodriguez Vidal, professor catedrático de geodinâmica e paleontologia da Universidade de Huelva. Ele integra um grupo que investiga as pegadas dos últimos neandertais no sul da península. Desse grupo faz, também parte, o geólogo Carlos Neto de Carvalho, convidado de Fernando Alves na Rede Social desta semana.

Fonte: Carlos Neto de Carvalho, um geólogo na pista dos neandertais