“Gestão de Mesquita Machado foi muito negativa para a valorização do património de Braga”

Francisco Sande Lemos, ex-diretor da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho (UAUM), foi um dos principais responsáveis pelo “Salvamento de Bracara Augusta”, projeto arqueológico que se iniciou no ano de 1976 e permanece ativo nos dias de hoje. Inúmeros monumentos e imóveis de interesse público foram descobertos nestes 45 anos.

Fonte: “Gestão de Mesquita Machado foi muito negativa para a valorização do património de Braga”